gustavo (1)quinta.jpg
Visão da restauração na quinta-feira.
f7befec8-7c8b-4e9a-9cce-4db403670fdb.jfif
Passagem de pedestres ocorre normalmente.
gustavo (2)quinta.jpg
Trabalho de colocação da borracha e da chapa metálica ao longo da semana.
sesxta.jfif
Material antigo já retirado.
sexta.jfif
Perfuração para colocação do parafuso que é preso por baixo da estrutura.

Semana de trabalhos na Ponte das Tunas

Passado cinco dias da chegada do primeiro lote de madeira ter chegada na Ponte das Tunas, fomos verificar como estão as obras de restauração da ponte.

Com o material que chegou na segunda-feira (22) houve a troca das madeiras antigas pelas novas. E já nesta sexta-feira (26) chegou mais uma carga de madeiras para continuar o serviço.

Já foram trocadas as madeiras transversais antigas e instaladas as novas iniciando pelo lado de Restinga Sêca. Também começou a ser instalada uma camada de borracha e por cima chapas de metal que são parafusadas. Isso tudo ao longo da semana.

Conforme um dos encarregados da obra, Rafael Marinho Gonçalves, uma equipe ficará trabalhando durante o final de semana dando continuidade ao cronograma da obra.

Conforme o Daer, o andamento da obra está de acordo com o esperado, e com os materiais chegando e com as atividades dentro do cronograma.
Está sendo retirado todo o material danificado da ponte e, simultaneamente, sendo colocado o novo.

A obra é realizada dessa forma para que não haja a interrupção total de passagem para os pedestres, o que foi constatado pela reportagem.

Ainda conforme o Departamento, o trabalho prosseguirá até a reforma total, que deve terminar em março, sem um dia definido, dependendo das condições climáticas.

Será colocado uma corrente com cadeado nos dois acessos da ponte para evitar a passagem de veículos, pois conforme o encarregado da equipe Gonçalves, em uma noite uma máquina transitou pela ponte, o que é proibido devido a interdição e também pode afetar o trabalho já realizado.

A ponte segue interditada para veículos.

Fotos: Tribuna de Restinga, Andre Tonetto e Gustavo Bisognin

Comentários



Ao continuar navegando em nosso site, você concorda com a nossa Política de Privacidade e com os nossos Termos de Serviço