b4d6391a-2f15-48f7-a599-a576f4b9cd18.jpg
Nova composição da mesa para 2020. Foto: Tribuna Online
c7b9137a-cae2-4eec-8917-d58d2b0dfe9a.jpg

Câmara promoveu sua segunda sessão extraordinária na quinta-feira

A Câmara de Vereadores de Restinga Sêca promoveu a sua segunda sessão extraordinária no Plenário, na quinta-feira (23). Foi o segundo encontro da nova configuração da mesa diretora da Casa para 2020, que conta com Andre Tonetto (MDB) como presidente, José Carlos Turba (MDB) como vice-presidente e como 1° secretário Tiago Cantarelli (MDB).  Foram votados e aprovados os quatro projetos que deram entrada. Todos foram formulados pelo Executivo.

“Foi uma sessão extraordinária curta e breve, mas com bastante relevância. Foram tratados quatro projetos, sendo uma contratação temporária, um projeto que é uma rubrica para organizar o orçamento do Executivo, uma autorização, uma Lei que vem atendendo outra Lei Federal que é o piso salarial dos visitadores do PIM e dos agentes comunitários de saúde, sendo um dos mais importantes  projetos votados esta noite, que contempla ai 30, 40 famílias  que fazem parte , que um membro familiar faz parte desse grupo. Esse é um pessoal que esta a frente no campo de batalha, é uma forma de valorizar e de fomentar esse bom serviço do pessoal.”, explica o presidente Tonetto.

Quanto a novas sessões extraordinárias no recesso, segundo o presidente da casa não há datas definidas. “Estamos sempre à disposição do Executivo caso surja à necessidade, nós aqui conversamos para fazer a sessão, até por que não podemos parar o município.”, acrescenta.

Os projetos aprovados podem ser lidos aqui.

Comentários



Ao continuar navegando em nosso site, você concorda com a nossa Política de Privacidade e com os nossos Termos de Serviço