alimentos-730x341.jpg
Foto: Reprodução/Internet

Cuidados com a alimentação no verão

Com a forte onda de calor que está ocorrendo em Restinga Sêca, e também em todo o Rio Grande do Sul, é necessário ter cuidados com alimentação e hidratação. Então pedimos para a nutricionista Bruna Bortolotto Rohde, alguns cuidados que devemos ter não somente agora, mas durante o verão.

Seguir uma dieta saudável e equilibrada é fundamental ao longo do ano todo. Mas, existem também algumas orientações específicas para colocar em prática nos dias quentes. Devido ao aumento de temperatura externa, nosso metabolismo sofre alteração para se adaptar as altas temperaturas e uma das conseqüências disso é o aumento da transpiração.

Por isso, nesse calorão e no verão, a ingestão de frutas, verduras e legumes é ainda mais importante. Esses alimentos auxiliam na hidratação corporal e reposição de sais minerais que foram eliminados com o suor. A intoxicação alimentar e hídrica são os principais casos que ocorrem nas altas temperaturas.

Então tenha esses cuidados:

*Alimentos que necessitam de refrigeração, como queijos, iogurtes e carnes, devem ficar os menores tempos possíveis expostas à temperatura ambiente.

* Higienize bem as mãos antes de preparar alimentos e fazer as refeições.

* Utilize bolsa térmica para transportar produtos que precisam de refrigeração.

*Evite ingerir alimentos com molho a base de ovos ou creme de leite, especialmente se não estiverem refrigerados.

Em dias quentes evite alimentos pesados que reduzem a disposição. Veja alguns alimentos indicados:

*Frutas com alto teor de água (melancia, abacaxi e laranja)

*Saladas cruas com vegetais variados (alface, agrião, escarola, rabanete, cenoura,pepino e tomate).

*Carne, com pouca ou nenhuma gordura aparente, como franco e peixes.

*Água, água de coco e sucos de frutas sem adição de açúcar.

*Sorvetes e picolés de frutas.

Alimentos contraindicados:

*Estas opções têm digestão lenta demandando esforço do organismos:

      - Preparações Gordurosas (feijoada, maionese e frituras).

       - Sorvetes e picolés Cremosos

Nesta época do ano , devido ao aumento de temperaturas e exposição ao sol, ocorre uma maior perda de líquidos e de sais minearais pela transpiração. Outro Fator que pode contribuir para a perda de líquidos em excesso e levar a desiditração é a ingestão de bebidas alcoólicas sem o consumo intercalado com outros líquidos.

As bebidas alcoólicas têm alto poder diurético, aumentando rapidamente o volume de urina produzido.

ENTÃO PARA MANTER-SE HIDRATADO:

*Beba ao longo do dia vários tipos de bebidas em pequenos volumes: água, água de coco, suco de frutas ou chás;

*Modere a Ingestão de bebidas alcoólicas;

*Ingira líquidos antes de aparecer a sensação de sede, por que a sede é um dos sinais de desidratação;

*Evite o excesso de sal nos alimentos, e na medida do possível, alimentos industrializados com alto teor de sódio (enlatados, tabletes de caldo de carne e similares, ebutidos e produtos salmourados).

LEMBRE-SE: OFEREÇA COM FREQUÊNCIA LÍIQUIDOS PARA OS IDOSOS E CRIANÇAS

CUIDADOS COM AS BEBIDAS ALCOÓLICAS

                *Não consuma coquetéis, batidas e similares previamente preparados, para evitar o risco de uma eventual mistura de álcool não potável contendo metanol e quantidades acima do limite tolerado. A eventual mistura de álcool não potável contendo metanol em quantidades acima do limite tolerado. A ingestão dessas bebidas pode causar sérios danos à saúde, como náuseas, vômitos, cegueira ou a morte.

                *Verifique se as bebidas destiladas se estão acondicionadas nas garrafas originais e devidamente identificados.

Informações e texto: Bruna Bortolotto Rohd, nutricionista, CRN 2/7993.

Comentários



Ao continuar navegando em nosso site, você concorda com a nossa Política de Privacidade e com os nossos Termos de Serviço