73399896_2547861475275532_5496227094155231232_n.jpg
Camila, Bianca Zasso (homenageada no festival), Fabrício e Senna Jr.
74327600_2319023121558744_2527961933030621184_n.jpg
Cartaz do Filme.
WhatsApp Image 2019-11-04 at 19.30.07.jpeg
O merecido troféu Vento Norte de Melhor Ator.

Uma conversa com Camila Marques, diretora de arte, e Senna Júnior, ator do curta “Love do Amor” gravado em Restinga Sêca

“Enquanto a cor da nossa pele for mais importante que o brilho de nossos olhos, haverá guerra entre os povos. Mesmo na redundância ainda é tempo de sonhar, só love, só love, só love do amor".

Com este trecho da trilha sonora do filme, composta por Senna Júnior, inspirou a produzir esta conversa que tivemos com os outros dois premiados do curta-metragem “Love do Amor”. O curta-metragem foi gravado em Restinga Sêca, levou quatro premiações no 13° Santa Maria Vídeo e Cinema. O Tribuna já conversou com o diretor, Fabrício Koltermann, sobre a premiação, confira na nossa matéria. Faltaram os outros dois ganhadores. Camila Marques, pelo prêmio de Melhor direção de arte, e o Melhor ator do festival, Senna Júnior.

Camila conta que a produção foi um processo tranquilo, e trabalhar com Koltermann é sempre um desafio, e todos os envolvidos queriam muito que essas produção fosse para as telas. “Foi um desafio, fiquei muito feliz, e é muito bacana trabalhar com ele, a gente tem feito uma bela dupla, e a nossa equipe foi fantástica. Todo mundo queria muito fazer esse filme.”, disse.

O prêmio para ela nada mais é que um reconhecimento e também ajudou em seu trabalho. “Receber um Vento Norte (troféu do festival) do SMVC , que me forjou como produtora áudio visual, e esse festival tem uma grande importância na minha carreira, primeiro, já ser indicada tanto na mostra principal quanto a regional foi uma alegria imensa, e estar lá em cima do placo faz com que a gente tenha mais vontade de fazer outros filmes, foi uma alegria muito grande.”, destaca.

Camila deixa um recado para os que trabalharam no filme com ela. “Quero aproveitar e agradecer a minha equipe de arte, agradecer a toda equipe do filme, que todo mundo ajudou um pouquinho, esse prêmio é deles também.”, agradece.

Com roteiro produzido pelo realizador audiovisual restinguense, o curta "Love do Amor", é conduzido por questões étnico-raciais.Também foi totalmente financiado com recursos próprios.

Para esse roteiro, seria de suma importância a procura de um ator que se encaixa no papel. E este ator foi Senna Júnior, que levou o Vento Norte de Melhor Ator do Festival. “Já é o sexto curta que participo sob a direção do Fabrício, ele já conhece o meu trabalho. E fiquei sabendo pelo perfil de comunicador negro caberia dentro do propósito do filme.”, aponta. Para Junior é sempre um privilégio trabalhar com o diretor restinguense, porque os temas que ele focaliza são de cunho cultural.

Junior fala com orgulho de poder tido a honra de ter recebido a premiação. “Ganhar esse premio foi uma questão de muito orgulho, por que eu represento a minha região de Restinga e a Quarta Colônia, a minha rádio 104.9, foi de uma grande importância, mas a importância maior deste prêmio para mim, é que me faz acreditar que devemos sim, ter um cinema para todos, e que me faz acreditar que tenhamos mais pessoas no cinema, e também um debate mais profundo sobre o que é cinema. Um sentimento de missão cumprida.”, refletiu.

O curta-metragem Love do Amor será exibido dentro da programação da Semana da Câmara de Vereadores de Restinga Sêca, no dia 20 de novembro, Dia Nacional da Consciência Negra.

Fotos: Redes Sociais

Foto: Senna Júnior

IDENTIFIQUE-SE E LEIA A NOTÍCIA COMPLETA!


Já é assinante?

ENTRE AQUI

Não sou assinante

Assinar

Comentários