DSCN5856.JPG
DSCN5854.JPG
DSCN5858.JPG

Alunos da Apae participam de projeto com cães dos Bombeiros

Desde o início deste ano, os alunos da Associação dos Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE) participam de uma atividade diferente. Na manhã de segunda-feira, dia 9, um grupo de aproximadamente 20 alunos da entidade tiveram uma aula com a labradora Bel, no caminhódromo atrás do Ginásio Municipal Romano Cantarelli. O animal, que era especialista em farejar drogas, agora no Corpo de Bombeiros, é a responsável por proporcionar esse dia diferente para eles. O projeto é coordenado pelo bombeiro Estephânio Bernardes, mais conhecido por Guina, do Batalhão de Santa Maria.

"Começamos o projeto esse ano. Já estávamos desenvolvendo no Hospital Universitário de Santa Maria. São vários benefícios. Os alunos adquirem muita calma, melhora a coordenação motora, perdem o medo dos animais, porque muitas pessoas têm aquela imagem distorcida do cão agressivo, e essa atividade também ajuda. A Bel é muito dócil, o que os alunos quiserem fazer com ela, ela deixa", explica Guina.

As aulas são feitas a cada 15 dias, com grupos de diferentes faixas etárias da Apae.

Comentários