IMG_2372.JPG
961834de-fea6-464d-a929-da1b8b8660ff.jpg

Última visita do Governo Comunitário em 2017 foi no Bairro São Luiz

Uma das principais ações anunciadas pelo prefeito Paulinho Salerno (PMDB) para o seu governo foi o projeto “Governo Comunitário”, que iria ao encontro das comunidades do município para ouvir suas reivindicações. Em 2017 fora diversas reuniões, principalmente em localidades do interior. A última do ano foi realizada no Bairro São Luiz, o maior da cidade, no dia 27 de dezembro, no salão da Igreja São Paulo.

“Estamos conversando com a comunidade, trazendo a nossa equipe de governo, fazendo ações no bairro, como limpeza urbana, orientação na área de saúde, e trazendo informações e ouvindo reivindicações. Estiveram pessoas aqui tratando da iluminação pública, terra para aterro, ouvindo sobre os programas de saúde, distribuição de mudas e pedindo informações sobre hortas caseiras, com a secretaria de agricultura, e sobre a limpeza urbana. São essas melhorias que são reivindicadas, calçamento que não chegou ainda em alguns locais, manter sempre a limpeza urbana em dia e o atendimento na saúde e educação”, relata Paulinho.

O prefeito se diz satisfeito com a realização do projeto e garante sua continuidade para 2018, esperando uma participação ainda maior das comunidades.

“Estamos muito felizes, porque iniciamos esse projeto no início do ano lá na Colônia Borges, realizamos outros tantos no interior, e hoje fizemos aqui, despachando daqui, trocando ideias, buscando alternativas. A ideia é poder ficar mais próximo da comunidade, disponibilizar esse espaço para que tragam suas reivindicações, suas ideias, sugestões, é estar mais próximo”, reforça.

Paulinho deixa no ar a sugestão de que há uma negociação em andamento que promete ser uma grande notícia para o município. Porém, ele não confirma qual é o assunto.

“Estamos trabalhando, queremos anunciar grandes notícias em 2018. Ainda não podemos fazer esse anúncio oficial, porque estamos tendo muita cautela. Queremos comemorar avanços muito importantes com a nossa comunidade”, finaliza.

 

 

 

Comentários