protetor.jpg

Estado promete distribuição imediata de 60 mil protetores para agricultores

                                                                                                                                           Escrito por Patrícia Cardoso

Os mais de 30 municípios que estão sem protetor solar para distribuição gratuita aos agricultores familiares serão priorizados pela Secretaria Estadual de Saúde no cronograma de entrega.

A garantia foi dada em reunião entre o deputado estadual Elton Weber, a coordenadora de Mulheres da Fetag, Lérida Pavanelo, e o secretário adjunto estadual de Saúde, Francisco Paz, nesta terça-feira, no Centro Administrativo, em Porto Alegre.

O Estado comprou 84 mil fracos. Deste total, 60 mil começam a ser distribuídos ainda nesta semana. O secretario explicou que o atraso no fornecimento, provocado por um problema com os lacres da embalagem, foi resolvido. Na próxima semana, a Fetag fará um monitoramento sobre o avanço da situação. “Saímos mais tranquilos com o comprometimento que as cidades com falta produto serão priorizadas”, disse Lérida.

No encontro, também ficou acertado que a Secretaria da Saúde enviará um comunicado as coordenadorias  no Interior reforçando que não há necessidade de recadastramento de agricultores no programa. A exigência vinha ocorrendo em algumas cidades. A Fetag também enviará comunicado aos STR informando essa orientação.

Ficou definido ainda que um grupo de trabalho discutirá os fluxos operacionais do programa a partir da extinção do Lafergs, o que determinou a necessidade de redesenho da Portaria 304. “Foi um encontro bastante produtivo, esperamos ter resolvido o problema de falta do produto que esta ocorrendo”, concluiu Weber.
Criado em 2014 por uma lei do deputado Heitor Schuch com o objetivo de prevenir casos de câncer de pele, o programa já distribuiu mais de 300 mil unidades a 100 mil produtores cadastrados.

Comentários